segunda-feira, 6 de julho de 2009

Leão, Signo de Fogo

sinceramente,

apaixono-me facilmente,

vivo num mundo de sensações,

sinto tudo à flor da pele,

tenho muitos desejos e paixões,

caprichos, luxurias, pancadas

atitudes percepitadas,

sou uma criança impulsiva

vs uma mulher instintiva,

sempre tive esta personalidade

difícil de mudar

e de moldar...

consigo ser quem eu quiser,

é fácil ser mulher,

é fácil manipular os outros,

é fácil pô-los a sorrir,

mas o mais difícil no meio disto

é a minha própria felicidade,

a facilidade com que desisto

a rapidez com que aumenta a idade

a velocidade com que o tempo passa,

não é fácil saber viver,

encontrarmos paz de espírito,

mudar a ideia de prazer,

mudar esses vícios e manias,

dormir nas noites em vez de nos dias,

encontrarmos algo ou alguém

que nos faça sorrir a nós

porque nos ama, e nos quer bem.

é mesmo verdade

tenho milhentas faces,

tanto gozo na minha maldade

como sou a pessoa mais querida,

num dia amo, noutro odeio

as vezes repugno, depois anseio,

gosto, compro, não uso,

não gosto, finjo, abuso,

adoro sofrer...

mas adoro ainda mais prazer,

se não tivesse um,

não compreenderia o outro,

mas também adoro o que é comum,

o que é simples e natural

o que é puro e não tem mal,

por isso vejo o por do sol, e as estrelas

por isso escrevo e divago,

tenho muito dentro de mim,

sensações, ideias sem fim...

muito para conhecer

e também muito para aprender...

mas gosto de dificuldades,

de problemas que me desafiam

de memórias que me arrepiam,

de decisões que me obrigam a ter coragem

de ter medo, de me sentir (in)segura

de estar ciente que a vida é dura,

adoro sentir que estou a crescer

que vai haver uma próxima

e que já sei como a resolver,

mas quando é novo e não sei a solução,

hum.. adoro ainda mais então...


Mariana Cruz 

2009