quarta-feira, 5 de setembro de 2012

2013

Só choro uma vez
Só me tens uma vez
Só te quero uma vez.
apaixonar-me é facil
esquecer ainda mais
homens há mais
e mais especiais.
Ja me diverti contigo
Vem e fica meu amigo
hahahaha
acreditas no que digo?
amo-te muito
gosto de ti
desde que te conheci
sou convincente?
amor
tu é que és deficiente.
amor verdadeiro
eu acho que se sente.
se me crês és doente.
olha-me nos olhos
grandes e brilhantes
como diamantes falsos
percebes? somos amantes
dás-me o que eu quero
e eu nem me esmero
eu limito-me a mandar
tu rastejas sem olhar.
gostas dos meus poemas?
então lê com atenção
lê quem sou e quem perdes
tinhas-me na mão
de alma, corpo, coração
hahahah
és muito imbecil
eu vou embora subtil
tu consomes os restos
o que sobra de outras
ficas com a mulher vulgar
com o mesmo padrão
que está em qualquer lugar.
afinal, és limitado
dizes ser destemido
mas é paleio fiado.
se não tens para me dar
não me fazes falta
longe está o teu lugar
serves pra animar a malta
e pouco mais,
és entertainer, mas
não quero um palhaço
quero um homem de aço
que me dê o braço,
que me encha o copo
me deixe a pensar
mas acima de tudo
que saiba amar.